out 18

Epi Control 30 ml

Controla a epilepsia em suas diversas manifestações em cães, gatos e animais de companhia.

Tire suas dúvidas

Quando usar

INDICAÇÕES

  • Grande mal
  • Pequeno mal
  • Mal epilético
  • Equivalente Epilético
  • Convulsão canina

Possui efeitos colaterais?

Sem contraindicações. Não oferece riscos à saúde em caso de superdosagem.

Modo de usar e doses

DOSES PADRÃO:

  • Cães de pequeno porte 01 borrifada, 03 vezes ao dia.
  • Cães de médio porte 02 borrifadas, 03 vezes ao dia.
  • Cães de grande porte 03 borrifadas, 03 vezes ao dia.
  • Gatos 01 borrifada, 03 vezes ao dia.

POSOLOGIA E MODO DE USAR:

Solução hidro alcoólica

O produto pode ser administrado diretamente na mucosa oral Uso oral, na água de bebida ou no alimento do animal.

  • Na mucosa oral: expor a parte interna da bochecha (mucosa bucal) e dirigir as borrifadas sobre ela, facilitando o contato direto do medicamento.
  • Na água de bebida: colocar as doses total do dia indicadas de acordo com o porte do animal na água de bebida.
  • No alimento: sobre os alimentos (rações, leite, etc), borrifando o produto imediatamente antes de oferecer o alimento ao animal.

Assim como no ser humano os animais também podem sofrer com as crises convulsivas e a Epilepsia.

CONVULSÃO CANINA

Convulsões caninas são muito comuns devido à fragilidade dos sistemas cerebrais e da dificuldade que têm em controlar as emoções. Como muitas vezes a origem desse problema vem de traumas, estresse e diversos fatores psicológicos, os tratamentos que conseguem trabalhar os impulsos do cérebro são os mais indicados.

Como ainda não existem exames que detectam possíveis crises de convulsões, é preciso estar sempre atento à saúde de seu cão. Qualquer susto, agitação ou sensação muito exaltada pode desencadeá-las. Manter a calma é o primeiro passo durante os espasmos, desde os mais leves, que podem ser percebidos quando os cães alteram o comportamento, ou até os mais dramáticos, em que os cachorros começam a tremer, babar ou cai ficando paralisado.

O Epi Control podem não só tratar esses sintomas, como principalmente atuar diretamente nas causas, deixando seu cachorro livre das convulsões.

CONVULSÃO X EPILEPSIA

Existe uma diferença básica entre a convulsão e a epilepsia: a convulsão é uma descarga elétrica repentina no sistema nervoso.

A epilepsia é a doença caracterizada por sucessivas convulsões.