out 22

Lincomicin 300

A primeira escolha para o tratamento de piodermites superficiais.

Tire suas dúvidas

Quando usar

INDICAÇÕES:

  • Primeira escolha para o tratamento das piodermites superficiais
  • Abcessos prostáticos e abcessos em geral
  • Osteomielites
  • Pneumonias
  • Tratamentos pré e pós cirúrgicos (Cirurgias digestivas e traumatológicas)
  • Processos infecciosos onde se encontram envolvidos:
    • Micro-organismos Gram positivos: Staphylococcus (aureus, intermedius, beta-hemolítico), Streptococcus, Clostridium tetani, Clostridium swelchii.
    • Micro-organismos Gram negativos: Escherichia coli, Bacillus (anthracis e cereus).
    • Mycoplasma, Actinomyces e algumas Nocardias.
    • Corynebacterium, Erysipelothrix e Campylobacter.

Modo de usar e doses

Administrar 1 comprimido para cada 20 kg de peso do seu pet, a cada 12 horas, a duração do tratamento é variável, sugerindo-se um tratamento mínimo de 7 e máximo de 30 dias.

Antibiótico pertencente ao grupo das Lincosamidas. É bacteriostático, possuindo ação inibitória sobre a síntese proteica bacteriana, pois une-se reversivelmente a subunidade 50s ribossomal das bactérias, bloqueando o movimento translocacional do RNAm, e consequentemente o alongamento do polipeptídeo.
Antibiótico de amplo espectro para caninos e felinos

FÓRMULA:

Cada comprimido contém:
Lincomicina (Cloridrato Monohidrato) 300 mg
Excipiente c.s.p. 500 mg